Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma divorciada

Diário de uma divorciada

08.Jun.08

Sem sexo na cidade

AL
Poderia ser a história da minha vida desde há uns tempos para cá, mas não. É apenas um trocadilho.   Ir sozinha ao cinema nem sempre é uma experiência agradável, especialmente quando uma pessoa abanca, toda satisfeita, numa fila vazia e, instantes depois do filme começar, se senta à sua direita uma senhora cujo telemóvel não pára de tocar e à sua esquerda uma roedora de pipocas. Valeu-me o filme ser interessante: o “Sexo e a Cidade” sempre foi uma das minhas (...)
04.Jan.08

Casar ou não casar

AL
Conheci a Vera num dos meus jantares de mulheres, éramos cinco ao todo, mas depressa nos tornamos três pares. Na nossa mesa tiravam-se fotos e davam-se gargalhadas. Reparamos na Vera quando ela nos olhou de soslaio de uma mesa vizinha. Estava sozinha e tinha olhos de choro.  Convidámo-la para nos fazer companhia e ela aceitou. Passado pouco tempo, já com uma cara mais alegre e ao cabo de dois ou três copos de sangria, lá se abriu connosco: que estava pela terceira vez a voltar para (...)