Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma divorciada

Diário de uma divorciada

Amigas e Onças

Estas minhas amigas são mesmo engraçadas. Acham que uma pessoa solteira não deve ter muito com que ocupar o tempo e que, por conseguinte, o mais natural é estar sempre disponível para lhes fazer companhia na sua independência em part-time.
Eu explico: tenho uma ou outra amiga, com aspas (felizmente que não são todas) que mal os respectivos maridos/namorados arranjam algo diferente para fazer que não seja aturá-las, eis que a palavra “liberdade” assume a forma e a imagem de Ana.
 
Olhem, minhas queridíssimas, no tempo da outra senhora, bordavam-se tapetes de Arraiolos, cosiam-se meias, faziam-se uns doces fantásticos para engordar a prole, sei lá! Para se sentirem mais “in”, podem até promover uns “Workshops” (que agora são a grande berra) acerca de um destes temas. Qualquer coisa (qualquer uma. Ok!?) será mais útil do que tentarem contactarem-me nestas alturas. Até porque, ultimamente, o meu telemóvel está sempre no modo “silêncio”... - Em coro: Oooooh, que pena!!!
https://c2.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/M3513d944/14817700_s3CMz.jpeg