Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma divorciada

Diário de uma divorciada

11.Mai.07

Ser ou não ser

Tenho recebido inúmeros mails e como não posso responder a todos, AQUI VAI:
Um divórcio nem sempre é algo que se deseje, por vezes a vida impôe-nos regras e temos que cumpri-las, pois disso depende o nosso “bem estar” que é aquilo que todos procuramos.
Quero com isto dizer que, o estar-se divorciada(o) não é, de forma alguma, um estado de espírito, mas, pode ser, num ou outro caso, uma necessidade, ainda que a mesma nos seja imposta.
Pegando no "estar-se bem", cabe a cada um decidir o que quer para si mesmo.
No meu caso concreto, tenho encarado o divórcio como mais uma lição de vida. Tento ser positiva, pois "tristezas não pagam dívidas" e um divórcio, tal como outra situação de vida mais "difícil" não tem de ser um drama.
Por outro lado, nem sempre conseguimos estar sempre a sorrir. Por vezes é necessário deixar correr uma ou outra lágrima, porque as lágrimas limpam e purificam para além de nos fazerem amadurecer, também nos preparam para "Uma Nova Meta" http://diariodeumadivorciada.blogs.sapo.pt/7623.html.

3 comentários

Comentar post