Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma divorciada

Diário de uma divorciada

24.Mar.08

Testemunhos: XX

Descobri o seu cantinho por acaso e, apesar de não ser casada nem tão pouco divorciada, encontro-me à beira de um divórcio prematuro. Sou solteira mas já com idade para estar casada e com família constituída, segundo os padrões da sociedade e comunidade (pequena) onde estou inserida.
 
Não sou inexperiente em matéria de relacionamentos, apesar de ter tido apenas um,antes deste, em que visse futuro. A verdade é que não soube enfrentar a fase menos boa que estávamos a atravessar e troquei literalmente de pessoa.
 
Quando entrei neste meu relacionamento actual, entrei com tudo, a pensar que era o homem da minha vida, aquele que tanto procurava, que seria uma relação como a que realmente ansiava, e que as minhas amigas me diziam que não existia. Estavam certas.
 
A pessoa em causa é mais velha do que eu e pôs em mim todas as esperanças para a sua vida. Por ser mais velho do que eu e tem medo de ser enganado ou trocado. É verdade que não sou nenhuma santa e que fiz muitas burrices na minha vida e o passado assombra-me sempre, já que o que fui não se enquadra na visão que a pessoa tem da vida. O que é certo é que, para esconder o que fiz, por saber que não iria ser bem aceite, menti, escondi parte de mim, do que fiz. Mais tarde contei-lhe, mas as desconfianças não pararam, e eu voltei a mentir, e mais e mais... não sei bem porquê, agora não acredita no que digo. Sei que não é uma atitude de pessoa adulta, mas foi o que fiz. Ele diz a cada dia que se vai embora e que não quer nada comigo, para além de me controlar em todos os aspectos...

Sónia

7 comentários

Comentar post