Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma divorciada

Diário de uma divorciada

19.Mar.08

Testemunhos: XIX

Olá, já passei várias vezes aqui no seu blog e desta vez resolvi escrever…
 
Tenho 32 anos e três filhos.
Namorei o meu marido dos 16 aos 24 anos, com alguns intervalos, claro!
Em 1999 casamos, o nosso 1º filho nasceu em 2001 outro em 2003 e outra em 2007.
 
Divórcio... não está nos meus planos e é palavra que nunca se falou cá em casa!
Mas eu também acho que as pessoas só devem estar juntas enquanto são felizes e enquanto têm capacidade para fazer o parceiro/a feliz.
 
Sou filha de avós maternos divorciados, e de pais divorciados e acho que o dizer não a um divórcio com medo que os filhos sofram, não está nada correcto, pois os meus pais divorciaram-se tinha eu 13 anos e para mim foi um alívio! Aliás, deveriam ter-se separado logo aos meus 5/6 anos, quando se começaram a desentender!
Que casal consegue transmitir tranquilidade aos filhos, se mal se falam, se discutem, se não fazem ambiente familiar!???
 
Como se sentem hoje?
Eu sinto-me cansada... mas feliz!!! Sou mãe, esposa, dona de casa e ainda trabalho das 9h as 17H!E o principal é que ainda tenho tempo para namorar com o meu marido, brincar com os filhos e não fazer da minha vida uma monotonia!
 
Como encaram o futuro?
O Futuro é amanhã... aproveitar todos os dias o melhor que a vida nos deu; nesta situação, aproveitar e curtir ao máximo o casamento, pois o futuro também me pode trazer um Divórcio.
R.

4 comentários

Comentar post