Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma divorciada

Diário de uma divorciada

10.Mar.08

Testemunhos: X

Hoje (nem sei como) resolvo abrir um pouco a minha alma. Sou casado, 38 anos, tenho dois filhos (os mais bonitos do mundo) e vou apenas retratar o que para mim é neste momento o casamento.

Quando casei há quase 7 anos, pensei que tinha feito algo de maravilhoso com alguém que já conhecia havia cerca de 13, mas afinal, estes últimos anos foram prova do contrário:
desconfiança, falta de apoio total (profissional, pessoal, amoroso), um total aproveitamento da minha situação financeira (que eu luto para que seja boa), um total desprezo pela minha pessoa e por aquilo que eu represento (descobri que também casei com a sogra.. irra).

À pergunta “afinal, porquê continuar casado?”, eu próprio não sei responder, já que o meu casamento nada significa (vivo com uma pessoa que vejo de vez em quando), mas apesar de tudo tem algo de muito belo: chegar a casa depois de um dia de trabalho e ser derrubado pelos meus "piruças" numa verdadeira batalha campal no hall de entrada, ter o prazer de lhes dar o jantar, etc.  Será que há algo mais belo que isso? Para mim não. É onde se vai buscar a força e motivação desta vida.

“António”

10 comentários

Comentar post