Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma divorciada

Diário de uma divorciada

25.Jan.08

Da importância de um bom perfume

Escolher um parceiro duradouro é assim como escolher um perfume para nos identificar. Dizem os entendidos que o perfume é algo que nos distingue e que o facto de se usar sempre o mesmo é uma questão de atitude; ajuda-nos a marcar presença e mostra-nos como alguém com personalidade.
 
A função de uma essência é reflectir um pouco daquilo que somos, pelo que não deve ser uma coisa forçada porque se for forçada mais vale usar apenas água e sabão. Isto ou a velha máxima que diz que “mais vale só que mal acompanhada”. Na prática, tal significa que se exalarmos um odor químico que não tenha mesmo nada a ver connosco, a imagem que se transmite aparece distorcida. Por exemplo: o que é que o Chanel n.º 5 tinha a ver com a sedutora e fresca imagem da mítica Marilyn Monroe? É que não tinha mesmo nada a ver! E analisando sob uma outra perspectiva: o que é que a Bárbara Guimarães tem a ver com o Manuel Maria Carrilho? É por aí… Percebem agora porque é tão importante escolher o aroma certo?
 
Tal como um homem, um perfume não acrescenta nada aquilo que uma pessoa já é, apenas deve traduzir e revelar o que cada uma tem de melhor. Sim, porque a história de que os opostos se atraem e tal é uma grande treta, pois já dizia a minha avó que “pelo noivo se tira a noiva e vice-versa”.
 
Ora bem, escolher um homem para ficar ao nosso lado para sempre (ao princípio) é ainda mais difícil do que escolher um perfume que diga tudo sobre nós.
 
E perguntam vocês: então e como é que se escolhe um bom perfume barra gajo?
Pois, lamento desiludir-vos mas não há um critério universal, tudo depende da maneira de ser de cada uma e das vossas preferências individuais. Existem, sim, alguns tópicos generalistas que podem e devem ser tidos como orientadores auxiliares numa tão difícil tarefa: primeiramente, há que atender ao composto de cada fragrância. Isolam-se as notas base e escolhe-se em função daquela que se prefere. Seguidamente (e isto é muito importante) há que optar por uma marca que tenha disponíveis versões para Verão, Inverno, dia e noite (seja, um tipo que seja digno de se apresentar às amigas, acompanhar-nos num evento da empresa, ir connosco negociar as taxas de spreed do Banco e muitas outras aptidões)... Ah e convém não deixar o frasco destapado para que a essência não se evapore. (Pssssiu! Rédea curta, Ok?)
 
Usar durante muito tempo o mesmo perfume ou homem tem apenas um pequeno inconveniente: chega-se a uma altura em que estamos tão familiarizadas com o seu cheiro que já não damos por ele. E é aqui que entram as amostras.
 
As amostras são sempre muito mais concentradas que o conteúdo dos frascos maiores. O que é lógico, pois a função das amostras é publicitar o produto. Logo, é bom que não se entusiasmem nem se deixem inebriar facilmente à primeira cheirada desatando a correr, feitas doidas, para a perfumaria mais próxima à procura do frasco maior que lá exista, porque correm o risco de não conseguir usá-lo até ao fim. Nisto, como em tudo na vida, há que usar do bom senso e moderação.
 
Se é verdade que os melhores perfumes estão nos frascos mais pequenos, o mesmo talvez aconteça com os homens com o inconveniente de que os homens pequenos são mesmo pequenos em tudo (sim, nisso também, não se iludam!) mas o que é certo é que duram e duram, e duram…
 
Por vezes, mesmo após a selecção final ainda podem persistir algumas dúvidas quanto ao facto da nossa selecção ter ou não sido a correcta.
 
Como saber, então, que aquela nota específica é mesmo a que melhor nos define?
 
É condição essencial que um odor nos envolva e tenha também a capacidade de envolver os outros. Caso nos provoque enjoos, não serve.
 
Por fim, existem disponíveis em todo o lado uns medidores sociais que são os outros homens e mulheres. Sabemos que fizemos a escolha certa quando os nossos amigos nos disserem por mais do que uma vez “cheiras bem” e as nossas amigas e as outras nos perguntarem que perfume estamos a usar. Quando isto acontecer, esse é “O” perfume. Podem tomar banho nele!

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2