Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma divorciada

Cacos e Plumas

Quem é que não teve já que enterrar um amor vivo? Ou por não ser correspondido ou por ter sido rejeitado ou mal compreendido…  
Ainda assim há amores que resistem a quase tudo. E quando pensamos que os mesmos já tinham passado à história, eis que um dia percebemos que, afinal, ainda permanecem.
É difícil sabermos um amor mesmo ali, dois palmos abaixo da nossa consciência e não podermos salvá-lo, não querermos salvá-lo.  É difícil sentirmo-lo a arranhar-nos as entranhas e a pulsar forte; ouvirmos os seus gritos aflitivos a pedir por socorro, a clamar por liberdade e nós a viramos a cara enquanto cantarolamos, por dentro, qualquer coisa tola como o “atirei-o-pau-ao-gato” para dali desviarmos a nossa atenção e nos concentrarmos num futuro diferente, sem carregos de cinzas no espírito.
Tudo porque, no nosso íntimo, sabemos e temos a certeza que a vulnerabilidade dos sentimentos é manipuladora e momentânea, e também sabemos e temos a certeza que mal libertemos um amor oprimido, ele nos atacará outra vez e nos dilacerará ainda mais a alma, que até já estava quase, quase cicatrizada.
A solução!? Para além da fuga estratégica, podem usar-se alhos, cruzes, santos e amuletos.
“A mãe já vai!”

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D